O TEMPLO DE DEUS EM JERUSALÉM DEVE SER RECONSTRUÍDO

 

Está escrito na Bíblia, em Êxodo 25:8-9:

 

ÊX 25.8 E FARÃO PARA MIM UM SANTUÁRIO, E HABITAREI NO MEIO DELES.

 

Portanto, vemos que Deus mandou os israelitas construírem um Santuário para Ele.

 

Este santuário foi construído, sob o comando de Moisés, quando os israelitas estavam caminhando pelo deserto do Sinai, após saírem do Egito (Êxodo, capítulos 36 a 39) .

 

Este santuário era uma tenda, chamada Tenda da Reunião (em hebraico é Ohel Moed).

 

Posteriormente, depois que os israelitas entraram na Terra de Canaã, o rei Davi construiu um palácio para si, e depois ele achou que não era certo ele habitar numa casa feita de pedras e madeira, e a arca de Deus habitar em uma tenda, e então Davi se propôs a construir um templo para Deus.

 

Ele manifestou a Deus esta sua intenção, e Deus aprovou esta idéia, mas disse que quem iria construir o Templo não seria Davi, porque Davi havia derramado muito sangue, pois lutou em muitas guerras, mas sim o filho de Davi, Salomão (2 Samuel 7:1-14).

 

Então Davi preparou os materiais para a construção do Templo de Deus.

 

Após a morte de Davi, o seu filho Salomão tornou-se rei, e construiu o Templo de Deus, no Monte Moriá, em Jerusalém.

 

O lugar onde o Templo foi construído foi escolhido por Deus, era o lugar onde um anjo apareceu para Davi, e Deus ordenou a Davi que levantasse um altar para Ele naquele local (1 Crônicas 21:16-18).

 

Depois que o Templo foi construído e inaugurado, Deus apareceu a Salomão, e disse que havia santificado aquele templo, para colocar ali o Seu nome para sempre, e disse que os Seus olhos e o Seu coração estarão ali todos os dias (1 Reis 9:3).

 

Em Deuteronômio, capítulo 12, Deus ordenou que todas as ofertas para Ele, sacrifícios e oferendas, dízimos e primícias, devem ser levados para o lugar que Ele escolhesse para ali colocar o Seu nome, e este lugar é o Templo de Javé, no Monte Moriá, em Jerusalém.

 

Posteriormente, o povo de Israel pecou gravemente, cultuando também outros deuses, além de Javé, violando o mandamento de Javé, que disse: “Não terás outros deuses diante de mim” (Êxodo 20:3), e por isso Deus castigou o Seu povo, e permitiu que os babilônios derrotassem os judeus na guerra, e eles então destruíram a cidade de Jerusalém, e destruíram o Templo de Deus (2 Reis 25:9 e 2 Crônicas 36:19).

 

Setenta anos depois, Deus permitiu que os judeus voltassem para a sua terra, e então o Templo de Deus foi reconstruído, no mesmo lugar, sob o comando de Zorobabel (Esdras 3:8-13).

 

O Templo reconstruído por Zorobabel é chamado o Segundo Templo.

 

Posteriormente, no ano 70 D.C., o Templo de Deus foi destruído pelos romanos.

 

Esta destruição do Segundo Templo já havia sido predita por Deus, através do profeta Daniel, em Daniel 9:26, e através de Jesus Cristo (Yeshua haMashiach) (Mateus 24:2).

 

No entanto, o mandamento de Deus, que está em Êxodo 25:8, de construir um Santuário para Ele, permanece, de modo que os israelitas devem reconstruir o Templo de Deus, no mesmo lugar, que é o lugar que Ele escolheu para ali colocar o Seu nome.

 

Quando os judeus conseguiram recuperar a posse do Monte Moriah (Monte do Templo), em 1967, eles deveriam ter imediatamente reconstruído o Templo de Deus, e o fato de eles não terem feito isto foi uma falta grave, e portanto os judeus devem reconstruir o Templo de Deus o quanto antes, para reparar esta falta.

 

Em Daniel 9:27, Deus disse que antes da vinda do Messias, o Seu Templo será reconstruído, e será profanado por um príncipe romano, que é o Anticristo.

 

Portanto, se queremos que o Mashiach (Messias) venha logo, devemos colaborar para a reconstrução do Santuário de Deus, em Jerusalém.

 

Existem duas organizações em Israel, que estão agindo para reconstruir o Templo de Deus, em Jerusalém.

 

Uma delas chama-se The Temple Institute (em hebraico, Mechon haMikdash), e está reconstruindo todos os utensílios do Templo de Deus. Já reconstruíram a Arca de Deus, o candelabro de sete lâmpadas, o altar do incenso, e estão quase acabando de reconstruir todos os utensílios, e as vestes sacerdotais. Estão reconstruindo o peitoral do juízo, que deve ser usado pelo Sumo Sacerdote.

 

A outra organização chama-se The Temple Mount and Land of Israel Faithful Movement (em hebraico, Tenuat Neemanei Har haBayit veÉrets Yisrael), e está fazendo um movimento de divulgação da causa da reconstrução do Templo de Deus, e está apelando ao Governo de Israel e aos membros da Knésset (Congresso de Israel), para que tomem providências para a reconstrução do Templo.

 

Você pode colaborar para a reconstrução do Templo, divulgando a causa da reconstrução, e colaborando financeiramente para uma destas duas organizações, ou para ambas.

 

Os sites destas duas organizações na internet são os seguintes:

 

www.templeinstitute.org

 

www.templemountfaithful.org

 

Alguns rabinos dizem que é proibido aos judeus visitarem o Monte de Templo (Har haBayit) porque o Monte é santo e as pessoas não estão puras. 

 

No entanto, esta opinião não está correta. 

 

O Monte de Templo foi escolhido por Deus para ser o lugar santo, mas atualmente ele está profanado, desde a destruição do Templo no ano 70 d.C., e continuará sendo profano até a construção e consagração do novo Templo (o Terceiro Templo).  Os versículos Ezequiel 24:21 e 25:3 comprovam que quando o Santuário de Deus foi destruído ele foi profanado.

 

Portanto, o Estado de Israel deve construir o Templo e entregá-lo aos cohanim (sacerdotes) para que eles o consagrem, e daí em diante somente pessoas purificadas terão permissão para entrar no Santuário. 

 

Que Javé (Yahveh) vos abençoe.

 

João Paulo Fernandes Pontes.

 

Publicado em 30 de dezembro de 2003.

 

Atualizado em 9 de março de 2014.

 

HOME

 

EM PORTUGUÊS                IN ENGLISH                בעיברית

 

Site Meter